João-de-barro: arquiteto, engenheiro e construtor sem diploma

domingo, maio 27, 2012 Águas de Bonito 2 Comments



Há alguns dias em uma rápida pelos arredores do Hotel, em pouco tempo contamos mais de 10 casas de João-de-barro. A “astúcia” deste pássaro é tanta que, constrói sua casa em lugares no mínimo inusitados; em algumas vezes, até duas ou mais casas empilhadas, como quem constrói um prédio.

O que mais impressiona nesta simpática ave é seu dom inteligente e trabalhador. O joão-de-barro ou forneiro (Furnarius rufus) é uma ave Passeriforme da família Furnariidae, e é conhecido por seu característico ninho de barro em forma de forno (daí o nome Furnarius) A fêmea é conhecida como “joaninha-de-barro”, “maria-de-barro” ou “sabiazinho” em certas regiões.



Na construção da casa, utilizam barro úmido, misturado a esterco e palha. O casal chega a fazer centenas de viagens no transporte do material. O ninho (casinha)tem formato esférico e normalmente 30 centímetros de diâmetro. As paredes tem 5 centímetros de espessura e exigem grande esforço do casal: eles amassam as porções de barro com os bicos e os pés, criando uma massa homogênea e pegajosa que ajuda na construção.

O ninho tem dois cômodos, com uma porta que dá acesso ao primeiro, que é feita na medida para que a ave entre sem precisar se abaixar. O cômodo mais interno, geralmente é forrado com penas, pelos e musgo, serve para a postura de ovos e acomodação dos filhotes.



CURIOSIDADES:

- Ave símbolo da Argentina, onde é chamado de “hornero”  (Ave de la Patria – desde 1928).
- A porta de entrada de sua casa é estrategicamente posicionada na direção contrária à chuva e ao vento; um dom natural.
- Canta sempre em dueto (macho e fêmea juntos, cada qual de um modo um pouco diferente) nos arredores do ninho em postura altiva e tremulando as asas, com um canto extremamente estridente.
- Não utiliza o mesmo ninho por duas estações seguidas, parecendo realizar um rodízio entre dois a três ninhos, reparando ninhos velhos semi-destruídos. Quando não há mais espaço para a construção de novos ninhos, o pássaro o constrói em cima (até 11) ou ao lado do velho.

DIZ A LENDA…
Havia um homem chamado João. Ele era um homem muito bondoso e fazia casas com barro e capim, cuidando sempre para faze-la na posição correta (virada para o nascer do Sol). Ele era tão bondoso que não cobrava nada para construir casas. Depois de muitos e muitos anos, Deus achou melhor ele descansar ao seu lado. Todos entraram em prantos por causa da morte de João. Para consolá-los, Deus criou o “João-de-barro”, fazendo sua casa de barro e capim, sempre virada para o nascer do Sol.

Um dia, conta-se, brigou com Tapera (andorinha), que chegou a dominá-lo e despejou-o do ninho ainda em construção. A fêmea ajuda na construção do ninho, mas parece não ser constante, abandonando o macho. O João-de-Barro é fiel até o fim e, por isso, quando percebe que a esposa mudou de amor, tampa a abertura da casa, fechando-a para sempre.

Fonte: WikiAves
_____

Uma ave com um grande dom; um arquiteto, engenheiro e construtor que não precisa de diploma, pois sua característica mais marcante é carregada no próprio nome! Smiley piscando

Posts do seu interesse

2 comentários - comente!:

Escreva abaixo seu comentário sobre o artigo.

Caso não seja usuário Blogger, na caixa "Comentar como" selecione Nome/URL(caso não tenha site/blog não é necessário preencher o campo URL)