Definição da capacidade de suporte ajuda turismo em Bonito

domingo, novembro 14, 2010 Águas de Bonito 0 Comments

 


“Todos os atrativos turísticos de Bonito (MS) têm sua capacidade de suporte de visitantes definida no momento do licenciamento ambiental. Com essa informação, as visitas são controladas e não há possibilidade de excessos. A medida é uma das fórmulas de sucesso da gestão do turismo na cidade, que tem cerca de 17 mil habitantes e recebe por ano 170 mil turistas.”

A informação foi passada pelo presidente do Comtur (Conselho Municipal de Turismo), Cícero Ramos Peralta, ao público que acompanhou a mesa redonda "Atividades Econômicas no Pantanal: desafios e alternativas", realizada na quarta-feira (10) à tarde no 5º Simpan (Simpósio sobre Recursos Naturais e Socioeconômicos do Pantanal).

Cícero mostrou como o turismo foi organizado e como influencia o desenvolvimento sustentável do município.Em Bonito, toda a organização turística tem uma consciência coletiva. Foi implantado - e recentemente premiado - o voucher único, um sistema de controle de acesso a todos os pontos turísticos. O sistema informatizado permite que, após o lançamento do passeio escolhido pelo visitante, a informação seja repassada imediatamente para a tributação.

São 30 atrativos turísticos, com capacidades de suporte diferentes. Apenas dois ficam em áreas públicas: o Balneário Municipal e a Gruta do Lago Azul. Esta última recebe no máximo 305 pessoas por dia, em pequenos grupos. "O sistema não permite levar 306. Ele bloqueia após a capacidade máxima ter sido atingida", explicou Cícero.

Esse limite garante não só a conservação ambiental , mas também a qualidade no atendimento. "Há empresários que sabem que se atenderem mais turistas, não será com a mesma dedicação."

Outro cuidado que o gestores tiveram ao organizar o turismo foi uma "reserva de mercado" para a população local. O balneário municipal, que tem capacidade de receber até mil pessoas por dia, reserva 800 vagas para moradores da cidade. Aos domingos, o atrativo é de uso exclusivo dos bonitenses.

Cícero contou que a cidade recebeu um investimento de R$ 10 milhões da Petrobras para implantar o sistema de tratamento de esgoto. Hoje 100% do esgoto de Bonito é tratado, com uma eficiência média de 97%. Toda a água da cidade é igualmente tratada.

Como resultado de toda a organização da atividade, Bonito é considerada a cidade menos violenta de Mato Grosso do Sul. "O turismo gera emprego e renda, o que faz cair a criminalidade." Segundo o palestrante, não se vê crianças abandonadas e mendigos pelas ruas.

De 2002 a 2010, Bonito foi eleito o melhor destino de ecoturismo do Brasil pela revista Viagem e Turismo, da editora Abril. A cidade tem 72 hotéis e pousadas, com 4.534 leitos, 44 agências e 80 guias de turismo atuantes.

A exploração do turismo em Bonito é recente e começou na década de 1990, depois que um programa Globo Repórter, da TV Globo, divulgou para o país todo as belezas naturais daquela região. Os primeiros guias foram formados em 1993 e dois anos depois foi criado o conselho e o voucher único.

Este conselho de turismo tem 13 membros e é consultivo. Sua finalidade é fomentar e normatizar a atividade turística no município. Cícero se colocou à disposição de quaisquer municípios que tenham interesse em conhecer o modelo de gestão.

O Simpan é uma realização da Embrapa Pantanal (Corumbá-MS), Unidade da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, ICS do Brasil (Instituto de Comunicação Social) e da UFMS. Tem correalização da Prefeitura Municipal de Corumbá e patrocínio da Petrobras. Apóiam a iniciativa o Centro de Tecnologia Mineral, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Ministério da Ciência e Tecnologia, Prefeitura Municipal de Ladário, Universidade Uniderp, Hotel Gold Fish, Seher Turismo, Centro de Convenções do Pantanal de Corumbá "Miguel Gomez" e Universidad Pública René Moreno do Governo Departamental de Santa Cruz/Bolívia.

Fonte: Embrapa Pantanal

Posts do seu interesse

0 comentários - comente!:

Escreva abaixo seu comentário sobre o artigo.

Caso não seja usuário Blogger, na caixa "Comentar como" selecione Nome/URL(caso não tenha site/blog não é necessário preencher o campo URL)